quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Recado


Sei que Existes e que perdoas, mas o céu é real?
O céu cai porque o derrubas e a morte sorri,
Porque também Tu ceifas todas as tristezas e o pecado é limpo em Ti,
Foi na mudança que deixei de pensar o sentimento,
Apenas reflicto porque olho para trás.
Sim, Tu és capaz do poder incrível,
Sim Crias e Acabas conforme mais queres e sem acreditar no que passou,
Lembro-me que já em dias te odiei porque não me lavaste as lágrimas
E se És justo, porque raio a levaste, quando ainda a sua vida se iniciava?
Já ouvi o marcar de uma vida, porque no escorrer de uma vela, alguém morre
No desespero de quando lhes Apontas a arma para pôr fim a tudo:
Não me apontes a mim, porque daqui tudo e nada levarás.
Senti-me destronado do Teu mundo, contudo aqui fiquei e abraças-te com calor
Com o choro natural de quem não desiste de sentir.
Não Uses lamentos fingidos,
Não Sejas o farol dos fracos, porque esses sabem melhor o seu caminho,
E Levanta o mundo deste abraço desafogado,
E embora nunca Estejas aqui presente lado a lado,
Mete-nos no teu cesto de pesquisa, porque o amanhã ainda não é cedo.
Leio as Tuas histórias antigas, confesso que gosto,
Mas fico novamente calado.
Porquê Tu?

Porquê Tu?

Porquê Tu?

Porquê Tu?

Porque Tu? Porque existes sem existires.

Eduardo Coreixo

P.S.: Obrigado à Filipa pelo tema, quando faltava a inspiração para começar a escrever...



5 comentários:

Filipa disse...

ADOREI A IDEIA o tema esta espetacular mesmo =P lol estou a brincar o tema está original mas mais original ainda está o poema gostei mesmo muito, o que nao esta nada original e este comentario lol ...depois quando estiver mais inspirada venho aqui fazer te um comentario de jeito...Beijinhos obrigada por tudo e obrigada por teres posto a musica dos the doors Light my fire!Filipa

Filipa disse...

ADOREI A IDEIA o tema esta espetacular mesmo =P lol estou a brincar o tema está original mas mais original ainda está o poema gostei mesmo muito, o que nao esta nada original e este comentario lol ...depois quando estiver mais inspirada venho aqui fazer te um comentario de jeito...Beijinhos obrigada por tudo e obrigada por teres posto a musica dos the doors Light my fire!Filipa

CerberuS disse...

Na verdade, essa música fui eu que escolhi, e também fui eu que pus.

Edu: um dos teus textos que mais gostei de ler, sem dúvida.

Anónimo disse...

Eduardo é um dos textos que me parece mais sentido...
Parabens;)
beijos

Claudia disse...

Exactamente... sentido e, por isso, emocionante. =) Parabéns meu poeta das mil cores.