segunda-feira, 14 de abril de 2008

Kind of sweet


Perde-mo-nos
Neste silêncio que invadiu
Nas horas que tocam os ponteiros
No estilo de roupa que se trocou
No tempo em que não nos vemos
Agora que o sol se apagou.

Encontrá-mo-nos
Agora que cheiraste a brisa deste vento abrasador
Que viste que o céu é arma que me deste
Quando reparaste que a paciência estava de volta
Porque vasculhaste gavetas de memórias
Assim que soubeste que eu estava aqui.

Sorriu
Porque assim te mostras
Porque estou em paz com a mente
Assim sinto a vontade de te beijar
Porque o amor afinal não acabou
Porque a vontade não é cega, e a tristeza ficou surda.

Eduardo Coreixo

3 comentários:

Insane aka Pedro disse...

o vosso Blog é simplesmente genial e espero que continuem por muito tempo porque o que escrevem reflete muitos sentimentos...

Anónimo disse...

nao sei que dizer, so me ocorre uma coisa: es absolutamente genial
beijokas

Cláudia disse...

Good, Goooood... =D Estou sem palavras nas mãos. Mas é good. =) Beijinho.