quinta-feira, 8 de maio de 2008

Farto disto e daquilo


É impressionante como as pessoas se esquecem daquilo que lhes foi dado na mão.
Choca-me a facilidade com que perdem as razões pelas quais as coisas lhes foram dadas na mão, sem esforço, porque por uma razão ou outra, eu acho que tudo tem uma ponta de cinismo, um toque de falsidade.
Lembro-me quando toda a gente visitava o blogue, e dizia que era fabuloso, e isto e aquilo, e hoje acho que ou era uma forma de ter assunto de conversa, ou apenas uma forma de mostrar que tinha um pouco de integridade cultural. Desculpem-me a dureza, mas de facto, dói-me pensar que as pessoas perderam aquela característica que se chama "integridade", ou até "verdade", e não admitem que este espaço era apenas mais um...Eu acho que precisamos de uma revolução, e acho que com isto tudo dito, falta-me dizer sobre isto que desistir não é a razão, apenas a consequência.
Hoje estou negativo, raivoso, do pior mesmo, mas pessoas que marcam coisas, e depois à última da hora decidem coisas contraditórias, enfim, para mim é algo que não dá comigo. Eu acho que o compromisso já não existe, apenas há a palavra, a comum, porque a final, aquela de honra, já se foi à muito...Ui, onde ela já não vai!
Perdoem-me pois as pessoas que se identificam com o que aqui escrevo, não é nenhum ataque pessoal, é apenas uma maneira de explicar o porquê das coisas, o porquê das atitudes, ou no mínimo, apontar aquilo que está errada, entendem? Acho que todos precisamos ser chamados a atenção, porque ninguém tem a certeza do que está certo ou errado, e se um pontapé na cara demonstra o extravasar de raiva ou de defesa, pode também ser aplicado como um escape a qualquer coisa...Eu, prefiro a escrita, mas quem sou eu para julgar, hein?
Qualquer coisa que tenham a acrescentar, é só deixar comentário, que prometo responder o mais depressa possível, 'tá?
Vá, até logo.

Eduardo Coreixo

3 comentários:

KerberoS disse...

quase 100 % apoiado...

leitores falsos? fuck them, já lá dizia o berardo.

Anónimo disse...

continuas embirrante eduardo, mas pronto ate tens uma certa razao, so que nunca tesqueças que a vida das pessoas esta em constante mutaçao, e dexamos de ter tempo para tudo....
ate de ter tempo uns pros outros, fica bem, beijokas

Ana disse...

Nao concordo com tudo o que disses-te... o facto dos leitores dizerem que este blog está fabuloso, é porque realmente o acham! E se na altura achavam isso, agora iriam gostar mais.. quando uma pessoa diz que uma coisa esta fabulosa, nao quer dizer que, neste caso o blog, fosse o melhor de todos mas sim, bom! Bastante bom até, porque secalhar nao esperavam tanto de ti, porque nao esperavam que te exprimisses desta maneira, porque de certa forma se identificaram com alguma coisa... Ou simplesmente porque gostam de TI! E sabes que quando uma pessoa é nosa amiga, nao a conseguimos achar feia de todo! O mesmo acontece com o blog... Por muitos defeitos que tivesse, os amigos encontram sempre algo de especial, alguma coisa com se identificam!

"(...) falta-me dizer sobre isto que desistir nao é a razão, apenas a consequencia." Foste tu próprio que escreveste isto.. mas foste tu tambem que me dissest que as vezes so te apetece desistir! E como TU proprio dissest, isso nao é a razao.. apenas vai ser a consequencia! E quando nos chamam a atençao, como mais uma vez TU proprio referiste no texto, é porque nos querem incentivar, porque na verdade, quando nos sentimos "picados" de alguma forma, ganhamos animo para conseguir as coisas melhores, para mostrarmos que sim senhor, somos capazes! A critica, muitas vezes é utilizada como incentivo...

"Acho que todos precisamos de ser chamados à atenção." Pensa nisso, e no que eu te disse.. erguer a cabeça e seguir em frente! =)

Se precisares de alguma coisa.. tou aqui! *