domingo, 30 de dezembro de 2007

Bom ano.


Que este ano seja o capultar de novas sensações
A aproximação de realidades
O virar de novas ideias
Tentativa de um novo céu.

A solidão é um lugar frio para se viver só,
Por isso que neste novo inicio
A felicidade seja mútua
E a admiração seja conquistada por todos.

Eduardo Coreixo

P.S.: Nos meus novos post, poderão reparar que as imagens que os acompanham serão fotografias por mim tiradas, e que terão por vezes pós-produção.

2 comentários:

Anónimo disse...

Vejo que aceitas-te a minha ideia:P
Ainda bem meu menino, pk tens umas fotos espantasticas ahahahahaha
espero que tenhas tudo de bom neste novo ano Eduardo tu mereces, e que conquistes mais admiradores da tua escrita(ocasional, mas muito boa) beijinhos:)

Paulo Miguel Torrezão disse...

Paradoxal, talvez... Todos queremos ter os sonhos realizados, neste novo ano, todos queremos esse "capultar de novas sensações/ O virar de novas ideias", mas também os reconhecemos como um "novo céu", tão tangivel como o "outro" que deixamos para trás...

E sim, é verdade que "A solidão é um lugar frio para viver só" mas esse(s) paradoxo(s) (que, by the way, admiro em alguns dos teus trabalhos) é que nos permite um "novo início". Será sempre dentro da nossa solidão que descobriremos novas formas de encontrar a felicidade que existe no mundo...
E que falta ela nos faz...

Bom ano.
Encontramo-nos nos corredores da vida...