quinta-feira, 13 de março de 2008

Olá a todos,

Juro que defendo que deviamos ter nascido com canetas nos dedos como uma extensão natural da mão e dispensar psicólogos, psiquiatras e terapeutas. Porque, para mim, escrever é isso: resolver problemas, exorcizar demónios e tornar a existência leve, bem levezinha. Por isso (finalmente) aceitei o convite do Eduardo.

Por isso e para pedir desculpa a todas as palavras que lutam ate á exaustão na minha boca para sairem mas que eu não permito que cheguem a ver a luz do dia.
É isso.
Porque há coisas que têm de ser arrancadas a ferros.


Ciocarlia, muito prazer.

2 comentários:

Claudia disse...

Olá. =) Juro que defendo o mesmo.

Adorei a tua (breve) introdução. Beijinho grande, espero ler-te mais mais e melhor.

Eduardo disse...

axo...axo...axo...axo...que te quero ler mais.
penso...penso...penso...penso, que o talento está contigo!
mais uma vez, bem-vinda!